Piscicultura, segundo o dicionário, é a arte de criar e multiplicar peixes.

Essa técnica milenar iniciou-se na China.

A atividade progrediu e continua a crescer no Brasil.

O cultivo de peixes é um ramo promissor, por causa de seu baixo custo.

O cultivo não requer tanto quanto uma criação de gado, é uma prática sustentável e contribui para a conservação de determinadas espécies de peixes.

Além de prover qualidade alimentar, o retorno financeiro é consideravelmente alto, pois a proteína fornecida pela carne dos pescados oferece interesse à população mundial.